fbpx

Webhook ou Polling, qual o melhor ?

Nos dias de hoje, a maioria das empresas tem trabalhado com o conceito de APIs (Application Programming Interface), ou vem buscando se adequar para esse mundo, dado o elevado nível de benefícios estratégicos e de negócio que o conceito permite que uma empresa se colha.

A ideia geral de qualquer API é a de compartilhamento de dados, de forma básica toda API quer contar algo para alguém, e para isso ela deve ter domínio de sua informação, e conseguir compartilha-la de forma eficiente.

Atualmente as APIs construídas trabalham basicamente com duas formas mais populares de compartilhamento de informação, o Polling e o Webhook.

Mas qual a diferença delas? E quando deveríamos usar cada forma?

Vamos começar entendendo como funciona o conceito de POLLING.

Como foi dito acima, toda API tem vontade de contar algo a alguém, e se pensarmos nessa necessidade, uma das formas seria que cada API que quer saber, pergunte correto?

Pois o polling se trata desse tipo de abordagem, uma API responde sempre que questionada.

Imagine uma situação onde você possui uma aplicação que possibilita a compra de produtos.

Uma de suas APIs é responsável por controlar o status de uma compra, e você possui um serviço de envio de e-mail que envia e-mails a cada troca de status.

Bom, com essa explicação já conseguimos ver um desperdício de esforço representado na imagem correto? Precisamos de um esforço adicional das duas APIs para respostas que não trazem valor informacional algum. Apenas para saber que nada mudou.

Vamos entender agora como funciona o conceito de Webhook.

Conforme mencionamos acima, a API tem como objetivo compartilhar suas informações, e no Webhook ela faz isso de uma forma diferente. Ao invés de ficar aguardando que alguém pergunte se houve alguma alteração no dado, o webhook avisa sempre que o dado foi alterado. Ou seja, se você possui uma API chamadora, você não precisa realizar varias consultas para saber se algo mudou, você será avisado pela outra API quando o dado for alterado.

Imagine o mesmo cenário descrito antes, mas dessa vez utilizando WebHook, ficaríamos assim.

 Ou seja, nesse formato temos um consumo extremamente otimizado, sem a necessidade de chamadas e respostas desnecessárias.

Sendo assim, a utilização de WebHook normalmente é mais eficiente, e entendo que faz mais sentido na maioria das vezes. Concorda? Caso tenha algum cenário onde você veja que essa abordagem não faz sentido, deixa aqui no comentário.

Curtiu ? Compartilhe esse conteúdo com seus amigos e equipe.

Quer ver ainda mais dicas de tecnologia ? Me siga no insta @natanpf.

Até semana que vem.

Natan Pasquarelli Freitas

Deixe uma resposta

Powered by WordPress.com. por Anders Noren

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: