fbpx

Dicas para iniciar na TI

A algum tempo a área de tecnologia segue em crescimento, tendo um mercado extremamente aquecido e com muitas oportunidades que pagam bem.

Em contrapartida, muitas carreiras vêm sofrendo um aumento de desemprego.

Esse cenário tem feito muitas pessoas migrarem para área de TI, buscando realocação no mercado de trabalho, e criando um aumento de concorrência na base, na entrada de quem está procurando trabalho nessa área.

Nesse artigo vou abordar algumas dicas para você que quer entrar nessa área.

Desculpe, não vou ser trazer apenas boas notícias, e nem vou te influenciar a se jogar de cabeça com frases prontas e de apelo como “as 5 dicas para” ou “10 coisas que você precisa saber”.

Vou falar a realidade com base no meu ponto de vista, vamos lá?

Comece criando um foco

A área de tecnologia é extremamente grande, falar que você quer entrar na área de TI é quase como falar que quer ser médico, existem cirurgiões, ortopedistas, dermatologistas e diversas outras especialidades, portanto foque no que você acha que é mais a sua cara.

Isso mesmo, não busque a área que estão contratando mais, ou aquela vaga que seu amigo conseguiu. Normalmente as empresas tem algumas ondas de contratação, ou seja, se seu amigo conseguiu hoje, não vai adiantar você começar a estudar agora, pois até você ficar pronto possivelmente essa onda já vai ter passado.

Nesse artigo vou focar na área de desenvolvimento, pois é mais a minha praia, mas se você tem dúvidas de outra área, fique à vontade para comentar ou me mandar e-mail, eu te ajudo com o que eu puder.

Qual é a melhor linguagem para começar?

Essa é uma ótima pergunta.

Todos possuem aquela linguagem de programação preferida, mas antes de entrar nela domine o básico, a lógica de programação.

Existem diversos exercícios e até mesmo aplicativos que podem te ajudar a treinar sua habilidade de lógica, aproveite e exercite essa habilidade, ninguém nasce bom em lógica, você a exercita, portanto não desanime, no começo pode ser difícil, mas você fica melhor com o treino.

Ok, já entendi a lógica e agora?

Basicamente hoje a área de desenvolvimento está subdividida em dois mundos.

Front End

Basicamente a parte de apresentação, normalmente é a área com que mais temos contato. O site que você navega, ou até mesmo essa tela que você está vendo agora são front end.

Back End

A camada que está por trás, sim tem muita coisa rolando enquanto você lê esse artigo.

O texto, tags, cobrança da minha conta e etc, possivelmente são processados pelo back end. Ou seja, é um mundo bem grande.

Cada um desses mundos tem uma variedade incrível de linguagens de programação, e a cada dia que passa novas linguagens são criadas. Minha dica, aprenda uma delas e pegue bem o conceito.

Não fique mudando de uma para outra porque o mercado está procurando agora uma ou outra, fique atento, mas foque em uma. Eu normalmente aconselho a buscar as linguagens que estão a mais consolidadas no mercado, como Java e .Net no caso de back end. Como elas estão a mais tempo no mercado, já existe muito código pronto funcionando nas empresas, e possivelmente elas não vão migrar todo esse código para outra linguagem do dia para noite. Ou seja, é mais fácil você encontrar empresas procurando Java do que Go (na minha opinião).

Java e .Net são mais verbosas que Kotlin e Go por exemplo, mas se você aprende uma delas, a migração para as demais não é tão difícil no futuro.

Entenda como funciona a arquitetura de um sistema

Um sistema não é feito só de código, ele possui tabelas, relacionamentos, teste, infra estrutura, etc. Entenda como essas coisas se relacionam. No começo não é fácil, mas busque aprender com sistemas simples, com aquele sistema da padaria ou do mercado, imagine como ele funciona, busque entender a dinâmica, antes de se aprofundar em sistemas complexos.

Seja curioso

Essa deveria ter sido a primeira dica.

Na área de TI o que mais conta é a curiosidade, você nunca vai parar de estudar, você vai precisar aprender todo dia, e fatalmente na maior parte do seu tempo nessa carreira você vai se perguntar “eita como eu faço isso?”. Ou seja, você acima de qualquer coisa resolve problemas, e para isso a curiosidade deve ser sua maior aliada. Costumo dizer que em tecnologia, não existe não sei, existe apenas “ainda não sei”.

Coloque a mão na massa

Não dá pra aprender tecnologia apenas com teoria, tecnologia é prática.

Você precisa experimentar e aprender fazendo, e nesse momento tudo que você viu vai dar errado, isso mesmo, é frustrante, mas normalmente tudo que aprendemos em vídeos ou aulas não funciona bem assim na hora de executar. Por isso é bom colocar a mão na massa, e não se preocupe, todos que eu conheço perderam noites de sono sem saber como sair de uma situação.

Busque ajuda

É muito importante experimentar, e sofrer um pouco, isso mesmo você precisa ter aquela dor de cabeça de tanto pensar em como sair da situação. Mas não fique preso nisso, pergunte, busque fontes alternativas, google, amigos etc.

Não se sinta mal, na tecnologia assim como em qualquer área existem pessoas super atenciosas e outras um pouco mais idiotas, não ligue para os idiotas. É comum aparecer um ou outro no seu caminho sem vontade nenhuma de ensinar, mas te garanto, a maior parte da comunidade adora ensinar, portanto pergunte.

Tenha um portfólio

Busque agrupar um portfólio, ele vai ser muito útil nas entrevistas que você vai participar, e também como um centro de pesquisa e base de “coisas prontas” no seu dia a dia.

Curtiu? Compartilhe esse conteúdo com seus amigos e equipe.

Quer ver ainda mais dicas de tecnologia? Me siga no insta @natanpf.

Até semana que vem.

Natan Pasquarelli Freitas

Deixe uma resposta

Powered by WordPress.com. por Anders Noren

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: