fbpx

ACELERADOR DE CARREIRA | Junior

Fala galera,

Hoje o texto vai para você analista de engenharia/desenvolvimento Junior, que está no começo de carreira, cheio de vontades e cheio de dúvidas também.

Muitas pessoas me procuram perguntando como conseguem se destacar como analista Jr, por isso decidi escrever este artigo, e espero que o ajude na sua jornada.

Bom aqui vão algumas dicas que com certeza vão te ajudar a se destacar.

Alinhando expectativas

Antes de começarmos esse papo eu gostaria de te pedir uma reflexão.

Por que você está lendo esse texto?

Muitas pessoas buscam a resposta a essa pergunta como um checklist para provar que já podem ser analistas Pleno, ou que já são um bom analista Junior, bom se sua intenção é buscar uma aprovação ou embasamento para a posição que você acha que deveria estar ocupando, aqui vai uma dica, abra sua mente e leia esse texto buscando como melhorar e não como provar nada.

Bom, agora que já estamos na mesma vibe, vamos em frente

Inicialmente, quando nos tornamos analistas Jr. começamos uma trajetória em busca de conhecimento técnico, afinal vamos iniciar uma jornada da qual ainda não temos domínio, então vamos começar por aqui.


Conhecimento técnico

Quando falamos de desenvolvimento de sistemas, existem diversas possibilidades de conhecimento técnico.

Precisamos conhecer a linguagem que vamos trabalhar, seja ela Java, Python, Kotlin, Java Script, etc.

A maior parte dos eu tempo como analista Junior será dando manutenção em código, portanto ler e entender um programa e os porquês ele faz cada coisa são o primeiro passo. Dificilmente você vai escrever um programa do zero, portanto busque estimular seu aprendizado com exercícios fora do trabalho.

Dicas:

Não queira saber tudo de todas as linguagens, escolha uma e entenda bem ela, e entender bem não significa conhecer cada detalhe. Foque no que é mais importante, no que você mais vai usar no dia a dia, os pontos mais específicos você pode ir aprendendo com o tempo.

Abra espaço para aprender as demais coisas que vem na sequência, mas com cuidado para não ter um conhecimento técnico raso, ou seja aqui vale o equilíbrio.

Banco de dados

Além de linguagem, é importante que você conheça um mínimo de banco de dados, das diferenças e de quando utilizar cada tipo. É importante também saber fazer consultas básicas, e scripts, pois você vai usar isso no dia a dia. Gaste algum tempo com isso.

Plataforma

Possivelmente você está atuando em uma plataforma, em algum código já construído por alguém, ou em construção pelo seu time. É importantíssimo que você conheça essa plataforma, como ela se relaciona e como ela foi arquitetada. Imagine que com os conhecimentos acima você virou um bom pedreiro dentro de uma construção, mas é importante saber no que você está mexendo certo?

Se é um prédio ou uma casa, saber ondo você pode mexer, e onde possivelmente vai desabar a construção caso você erre.

Contexto

Ok, agora você já tem os dois conhecimentos acima, então você já sabe o que está fazendo certo?

Errado, o mais importante é saber em qual contexto você atua.

Hoje em dia cada vez mais os sistemas se correlacionam e as plataformas são cada vez maiores, com diversos times atuando, cada um em seu contexto, e cada um com um objetivo.

Portanto, entenda o seu contexto, onde você está inserido e o que você deveria fazer.

Voltando a comparação com uma construção civil.

Imagine que você está construindo um prédio, e recebe um pedido para incluir uma piscina.

Definitivamente uma piscina traria benefícios para os moradores, seu cliente ficaria encantado com isso, e você sabe construir uma piscina TOP, ou seja, está tudo certo, você vai lá e constrói uma baita piscina, coloca até uma cascata, toboágua e o caramba.

Mas, você e sua equipe eram responsáveis pelo estacionamento, e por incrível que pareça a piscina no estacionamento não parece algo correto, fica um pouco fora de lugar, rs.

Bom a relação é tosca, mas é justamente para trazer uma reflexão, saber o que, como e onde construir cada coisa no seu sistema é crucial.

E saber o que não construir também é.


Testes e monitoração

Hoje em dia é cada vez mais impensável a construção de sistemas sem testes e sem monitoração, ou seja, você precisa entender como funcionam os conceitos de testes, quando fazer cada teste e o motivo das divisões em pirâmide, entender como monitorar tanto tecnicamente quanto em uma visão de cliente o seu sistema. Isso que antes era um diferencial, hoje em dia é básico.

Troubleshooting

Uma hora o seu sistema vai dar problema, e quando der possivelmente todos vão correr muito para reestabelecer sua aplicação. Neste momento é importantíssimo que você saiba lidar com a situação, esse é um momento frágil porem de destaque.

É um diferencial saber trabalhar durante uma crise, ter calma para seguir um raciocínio lógico, comunicar muito bem o que está acontecendo, saber decidir ou dar informações sobre o que estamos perdendo, e as alternativas que estamos vendo.

Aprenda com os outros como atuar nesses momentos, pegue experiencia com os que tem mais tempo no sistema, observe e absorva tudo.

Saber trabalhar com as ferramentas de troubleshooting que a sua tecnologia usa é muito importante também, portanto estude isso.

Trabalho em equipe

Pense bem, com o tamanho dos sistemas que criamos hoje, é impossível criá-los sozinho. Por esse motivo você precisa ser bom no trabalho em equipe, em deixar claro o que você está fazendo e o que você precisa de ajuda. Precisa também aprender a dividir seu trabalho, e a demandar pedaços para outros analistas quando necessário.

Essa é uma habilidade extremamente importante e que muitos deixam de lado. Mas pense bem, se você não desenvolver essa habilidade, dificilmente você conseguirá entregar o que é necessário no tempo disponível.

Comunicação

Outro fator muito importante é a comunicação.

Normalmente o que estamos construindo será utilizado por outras equipes ou usuários, e combinar a ação de todos é algo complicado. Seu chefe e seus pares precisam de comunicação constante para saber como as coisas estão, portanto é importante sempre deixar todos sabendo do que está acontecendo.

Lembre-se de comunicar também as suas vitorias, aquela sacada que você teve, ou aquele problema que você sofreu, mas resolveu. Muitas pessoas chamam isso de “se vender” mas eu costumo olhar por outro lado, quantas vezes eu me deparei com grandes problemas quando era analista e só queria saber de alguém que já tivesse resolvido aquilo, ou que conseguisse me dar o “caminho das pedras”. Na minha opinião, esconder as suas vitórias chega a ser egoísmo, pois com certeza alguém está precisando dessa informação, ou dessa “sacada” para ser mais rápido no seu dia a dia. Nesse cenário pense no seu chefe como um polinizador, ele possivelmente fala com várias pessoas de várias equipes durante o dia, e se ele sabe que você fez algo, ele pode ajudar uma outra pessoa que está passando pela mesma dificuldade a encontrar você, que já solucionou o problema.


Conclusão

De forma geral esses são os principais pontos que você deveria trabalhar, mas lembre-se bem, não é uma formula magica e sim um guia, que certamente vai te deixar mais perto do próximo passo.

Bom, algum de vocês deve estar pensando, nossa mas eu preciso de tudo isso para conseguir passar de Jr para Pl ?

Depende de muitos fatores, culturais, orçamentários, processuais e até mesmo por perfil do seu chefe. Mas se você buscar atingir esse nível, possivelmente será promovido ao próximo cargo durante essa jornada.

Outro erro comum é a comparação, olhar para os plenos e sêniores e se comparar pode ser uma falha grave.

Se você o fizer de maneira construtiva, levando em consideração o que realmente cada um tem de melhor, a época em que foram promovidos, as mudanças culturais e estratégicas ao longo do ano, então sim é um bom exercício. Mas é comum ver profissionais se comparando para provar que são melhores do que os demais, bom eu não aconselho que você siga nessa linha, pois possivelmente será prejudicial, você passará mais tempo reclamando e achando problemas do que se preparando para ser cada vez melhor.

Espero que o texto tenha ajudado, vá em frente e não desanime, muitas coisas vão dar errado e outras tantas darão certo, o sucesso está no tempo em que você passa por uma dificuldade e aprende com ela, e então segue em frente.

Obrigado por ter lido até aqui, conte comigo nessa jornada e um grande abraço.

Deixe uma resposta

Powered by WordPress.com. por Anders Noren

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: